julho 5, 2011

Caminho em sentido anti-horário
Em campos de amor artificial
Compro sentimentos de plástico
Vivo fingindo ser normal

Ajo como quisesse entender
O som de um coração arruinado
E isso tanto a incomoda
Posso evitar o inevitável?

São como gotas de sol
Todos esses raios de chuva
Então, diga-me uma resposta
Que lhe dou uma pergunta.

Anúncios

maio 30, 2011

Vou dizer
Veja você
O que Eros
Jamais diria

O amor é
Afinidade e
Compromisso

Todo o resto
É poesia

Noi

maio 6, 2011

Nos achados e perdidos
Nada encontrado
A cidade vem queimando
Nossos sonhos encantados
Seu amor é alugado
O meu é dado
Meu corpo é torto
O seu, sagrado.

abril 3, 2011

No auge de minha
Singular confusão
Uma questão
Então nascia
Ao poeta ou à amada?
A quem pertence a poesia?

Todo poema
É um mar de vidas
Entrelaçadas, que me fascinam
Eu vejo sonhos nas palavras deitadas
Que se levantam, e caminham.

fevereiro 25, 2011

Deus vai dar aval sim!