novembro 13, 2010

A dor em meus joelhos está insuportável. Talvez estejam inflamados. Eu não sei o que há com eles.

Entrada às 08:07h, saída às 21:12h, foi o que registrou o relógio de ponto digital que controla minha vida.

As portas eletrônicas da imponente Torre Norte estavam fechadas. Claro! Escravos saem pelo subsolo. Foi um lapso, já ia me esquecendo.

Enquanto andava pelo largo calçamento tornei a pensar na manifesta ausência de sentido e razão que assombra a vida. Essa constatação não me faz triste ou feliz, mas intrigado e, de certo modo, quem sabe, desmotivado.

Caminhava para casa onde certamente obedeceria ao mesmo ritual: terno e gravata no cabide; sapatos no armário; camisa, meias e cueca no cesto de roupas para lavar; toalha de banho na segunda gaveta, banho ao som de qualquer programa de alguma rádio am; passear pelos canais de tv enquanto termina o pote de iogurte; celular pra recarregar; e-mails interessantes, dormir; acordar 4 horas depois; outra toalha; outro banho ao som das ondas curtas; outro iogurte; metrô e sua imensa multidão sem rosto; a imponente Torre Norte; e, outra vez, ah, não! O relógio de ponto digital que controla minha vida!

Ainda andando, sob as luzes que iluminam a avenida, percorri rapidamente minha imaginação, memória e afins, tentando criar para mim a possibilidade de isso tudo mudar.

Não imaginei nada. Não lembrei de nada. Nada vislumbrei. Nada! Nada que pudesse me causar surpresa. E eu queria tanto suspirar, tirar os pés do chão por algo que me fizesse sentido. Nada.

O resto do percurso foi caminhado igualmente a vida. Sem motivos, sem razões. Para que tudo isso? Não tem sentido viver sem sentido. Comigo permaneceu apenas a insuportável dor nos joelhos.

Anúncios

3 Respostas to “”

  1. Camila Kroos said

    Você escreve coisas que me tocam!
    Vai no show do STP também? Acho que não vou conseguir te ver no show do Paul porque vou de arquibancada! Você vai de pista néé? Mil… Mil.. mil beijos! :0)

  2. Mais do que viver sem motivos: ser sem motivos…

  3. ei, vc tah precisando de uma boa dose de rebeldia… think that!

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: